Google Meet / Videoaula - FAQ

Neste espaço você encontra respostas para algumas dúvidas sobre o Google Meet e Videoconferência com o Aplicativo Aula Paraná.

Qual e-mail deve ser usado para criar o link do Google Meet?

e-mail @escola é o usado para professores criarem os links do Google Meet na agenda ou direto na página https://meet.google.com/. Antes de criar o link, o professor deve ficar atento se o computador não está logado por outro usuário, como filho, para não criar o link sem o nome do professor.


É também pelo e-mail  @escola que o aluno entra na Meet. Se estiver logado via @escola, o acesso será automático. Caso use outro e-mail, ao clicar no link encaminhado pelo professor, o aluno terá que esperar ser aprovado para entrar na sala, podendo ser recusado caso não seja reconhecido pelo professor. Essa medida é adotada para evitar a entrada de estranhos nas salas de aula.

Preciso sempre criar o link?

Recomendamos que sim. Ao criar o link, seja para reunião ou videoaula, o professor se torna o gestor da sala, podendo desligar microfones e câmeras de alunos, banir alunos, autorizar ou não autorizar entradas de participantes que entram sem ser pelo @escola, além de deter a gravação da Meet.

Vale lembrar que o link pode ser criado via agenda ou direto no site da Meet, na hora da aula.

Como o professor pode criar o link?

Existem duas maneiras para criar o link no Google Meet. Confira as opções abaixo:

 

1. Usar o Google Agenda disponível no Classroom, na aba “Atividades” para criar o link;

Tela de Atividades do Classroom

 

2. Entrar direto no aplicativo Google Meet, criar o link na hora e postá-lo do mural da turma, por exemplo. Para criar basta acessar: https://meet.google.com

Qual a duração mínima recomendável da reunião?

O ideal é que cada videoaula tenha o tempo mínimo de 15 minutos, a contar da entrada dos alunos. Esse período mínimo permite atender a demanda gerada pelos alunos, desde que não sejam complexas. Não há empecilhos em estender este tempo para períodos mais longos. Cabe ao professor definir quanto tempo necessita para orientar seus alunos. Ademais, as videosaulas com 15 minutos entram nas estatísticas da Seed-PR.

Quantos alunos são recomendáveis para iniciar uma reunião?

O recomendável é reunir o máximo de alunos possível para que estimulem a dinâmica de uma sala de aula. O sistema Meet necessita de pelo menos um participante, além do professor. No entanto, se o atendimento for individualizado, acaba sobrecarregando o professor. Por isto, a Seed aconselha reunir grupos maiores, pois, não raro, as dúvidas e questionamentos dos alunos são similares e podem ser sanados de uma única vez, caso estejam presentes a maioria dos alunos.

O professor precisa postar o link no mural da turma para contabilizar no Business Intelligence (BI)?

Não necessariamente, porém é uma boa prática. O professor deve verificar a melhor forma de divulgação do link da aula ou reunião aos alunos, seja na agenda da turma no Classroom (aparece para todos os alunos e inclusive recebem notificação); seja no mural da turma, via uma simples postagem; seja no aplicativo Aula Paraná, na opção “Turmas” no menu inferior; ou até mesmo por outros meios de comunicação. O professor pode compartilhar o link com a turma da melhor forma e que atinja o máximo de alunos da turma.

As reuniões realizadas pelo Google Meet contabilizam presença para o professor?

Não. A presença do professor não é contabilizada pelas Meets ou videoaulas que ele faz. A presença permanece sendo contabilizada pela postagem no mural da turma, de acordo com o horário da escola. As aulas pelo Google Meet serão contabilizadas no BI.

A realização dos Meets é obrigatória?

Os Meets ou videoaulas não são obrigatórios. No entanto, essa é uma boa ferramenta para manter contato virtual e de forma regular entre aluno e professor. Essa interação é importante para o processo de ensino e aprendizagem, fortalecendo a relação professor/aluno.

Quando se realizam os meetings ou videoaulas, o engajamento do aluno aumenta e melhora o aprendizado. Essas informações são coletadas semanalmente pela Seed e ajudam a aprimorar o ensino remoto.

 

 

 

 

Qual a diferença entre a videoconferência realizada pelo App Aula Paraná e pelo Google Meet?

Google Meet: Possui recursos que permite que o aluno possa abrir a câmera e microfone do seu dispositivo para interagir com professor e com colegas na turma, durante a videoaula. O professor pode compartilhar a tela do seu computador com os alunos, sendo possível a interação por áudio e vídeo entre os participantes da aula.

O Google Meet contabiliza no BI. Outros alunos, de outras turmas, que tenham o link do Meet podem entrar e cabe ao professor controlar essa participação. Importante o professor não “Permitir” entrada de pessoas que apareçam como solicitação de participação, isso configura entrada anônima que não utilizam o @escola, portanto não deve ser permitida.

Importante! Ressaltamos que há consumo de dados, caso o aluno ou professor use Google Meet fora do aplicativo Aula Paraná, pois o Meet utilizará a rede do celular (pacote de dados). Por isso, recomenda-se uso do Meet em rede wi-fi ou de dentro do aplicativo Aula Paraná (opção disponível a partir de 08/09/2020 clicando em um link de Meet dentro do aplicativo Aula Paraná, por exemplo em uma postagem do mural, agenda ou chat com professor na turma).

App Aula Paraná: Permite que o professor faça a videoaula com a turma e converse com seus respectivos alunos por áudio e vídeo. Porém, os alunos só podem interagir com o professor e com o resto da turma por meio de chat, acessível no menu inferior chamado “Turmas” do aplicativo.

Essa opção de videoaula é mais restritiva, somente alunos da turma específica podem participar e ninguém consegue interromper o professor com áudio ou vídeo, portanto é uma aula mais privada. Essa opção, no app Aula Paraná, é isenta a cobrança do pacote de dados dos alunos que acessam pela rede celular e para os professores está liberado 200 minutos por semana para usar esta funcionalidade no app Aula Paraná.

A videoaula pelo aplicativo começará a ser contabilizada no BI a partir de 08 de setembro de 2020. A partir desta mesma e apenas para dispositivos Android, também será possível usar o Google Meet de dentro do aplicativo Aula Paraná com isenção (que também contabiliza no BI), sob as mesmas particularidades descritas no item anterior sobre “Google Meet”. Existe uma versão Web do aplicativo Aula Paraná, para uso em computador, exclusivo para professor com rede wi-fi que pode ser acessado em http://www.aulaparana.pr.gov.br/aplicativo.

Quais as opções e ferramentas existem disponíveis para a videoaula, onde acessar e como contabiliza no BI?

A tabela a seguir apresenta as opções e como elas funcionam em relação a contabilização no BI, isenção de dados e forma de acesso. Note que em todos os casos listados abaixo contam no BI (alguns casos a partir de 08/09/2020 e nos restantes desde Junho de 2020).

 

FerramentaPara alunoPara professorDisponível emIsencão de dadosConta no BIRecomendação
Google Meet WebSimSimhttps://meet.google.com/NãoSimUsar em rede
Google Meet no TabletSimSimApp "Meet": Google Play e Apple StoreNãoSimUsar em rede
Google Meet dentro do App Aula Paraná (a partir de 09/2020)SimSimApp "Aula Paraná": Google Play e Apple StoreSimSimLink do Meet acessado de dentro do App Aula Paraná e apenas para dispositivos Android
Aula Paraná para CelularSimSimApp "Aula Paraná": Google Play e Apple StoreSimSim
(a partir de 08/09/2020)
Menu inferior chamado "Turmas"
Aula Paraná na WebNãoSimhttp://www.aulaparana.pr.gov.br/aplicativoNãoSim
(a partir de 08/09/2020)
Usar em rede wi-fi e só para professores

Os professores podem unir turmas?

Sim. Quando o professor une as turmas, o BI contabilizará para todos os professores que participaram do Meet. No entanto, a videoaula será considerada apenas para a escola que tiver maior quantidade de alunos presentes, ou seja, contabilizará apenas para uma escola, caso haja alunos de outras escolas no mesmo Meet. Ressaltamos ainda, como já dito anteriormente, que os professores presentes no mesmo Meet vão aparecer no BI como Meet realizado para cada um deles, na data e escola em que foi organizado o Meet.

O que irá contabilizar no BI?

A quantidade total de videoaulas realizadas pelos professores supridos em turmas durante a semana, sendo que o mesmo deverá respeitar a duração de 15 minutos mínimos e com ao menos 01 (um) aluno participando.

Os Meets podem ser feitos por dois ou mais professores?

Sim, desde que esses 02 (dois) professores ou mais participem do meet em turmas que os mesmos estejam supridos, na escola específica dessas turmas.

Apesar de identificarmos a participação de 01 (um) ou mais professores em um mesmo Meet, a videoaula será contabilizada apenas para a escola das turmas com maior número de alunos presentes na Meet. Assim, recomenda-se sempre fazer sempre o “aulão” com várias turmas e vários professores de uma mesma escola.

Quantos Meets o professor precisa realizar?

Não existe um número mínimo ou máximo de Meets ou videoaulas obrigatórias. No entanto, é importante que o professor faça videoaulas regulares com os alunos a fim de manter o vínculo aluno e professor, ajudando-os nas dúvidas e no estudo não presencial.

Os Meets das disciplinas específicas dos cursos técnicos estão sendo contabilizados no BI?

Sim. Todos os cursos de todas as turmas são considerados no BI desse que o professor tenha suprimento em turmas no RHSEED, como efeito de contagem. Não há filtros por curso, nem por turmas do Classroom. Se o professor fez um Meet com os alunos da escola/turma e está suprido, vai contar no BI da escola respectiva.

Dúvidas - Google Meet / Videoaula

Não encontrou neste FAQ a resposta que estava procurando? Então, preencha o formulário abaixo e nos envie o seu questionamento.


CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.